Doe para manter a versão nacional       Assine a edição local de Uberlândia

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

#zikazero | CLIQUE AQUI, SAIBA MAIS E PARTICIPE | #zikazero
A sociedade mobilizada para vencer a luta contra o mosquito

Instituto Eu Quero Viver
sexta-feira, 6 julho, 2012 11:47

Grupo de pesquisadores cria Sociedade Brasileira de Alfabetização

ilustração
A proposta de criação da SBAlf foi apresentada em 2009, durante a 32ª. Reunião Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação – ANPEd

Professora da Unesp é presidente da Comissão Provisória da entidade

Dia 18 de julho ocorre a Assembleia de criação da Sociedade Brasileira de Alfabetização – SBAlf.

O evento ocorre das 12h30 às 14h, no Salão Nobre da Faculdade de Educação da Unicamp durante o 18o. Congresso de Leitura do Brasil. Maria do Rosário Longo Mortatti, professora da Faculdade de Filosofia e Ciências da Unesp, Câmpus de Marília, é presidente da Comissão Provisória da entidade.

Dia 19 de julho, às 13h, na Tenda de Atividades Culturais da Unicamp, haverá a sessão de lançamento do livro Alfabetização no Brasil: uma história de sua história, organizado por Maria do Rosário. Informações no blog sbalf.blogspot.com.br

A entidade - A proposta de criação da SBAlf foi apresentada em 2009, durante a 32ª. Reunião Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação – ANPEd. Inicialmente acolhida por um grupo de pesquisadores-docentes universitários envolvidos com a reflexão sobre problemas e perspectivas de avanços em alfabetização no Brasil, a proposta foi aprovada, em 2010, no I Seminário Internacional sobre História do Ensino de Leitura e Escrita (SIHELE) e no GT – “Alfabetização, leitura e escrita”, durante a 33ª. Reunião Anual da ANPEd.

Em 2011, a criação da SBAlf obteve apoio de instituições, eventos e fóruns brasileiros, como Unesp/Marília, Faculdades de Educação da Unicamp, UFMG, UERJ, PUC-RJ; Curso de Pedagogia da UFRRJ; Pró-Reitoria da UFF; Fórum Nacional de Coordenadores de Programas de Pós-Graduação em Educação da ANPEd (FORPRED); Fórum Permanente de Alfabetização, Leitura e Escrita do Espírito Santo (FOPALES); Núcleo de Estudos e Pesquisas em Alfabetização, Leitura e Escrita do Espírito Santo (NEPALES); Centro de Alfabetização, Leitura e Escrita (CEALE/UFMG); 34ª. ANPEd; VI Congresso Brasileiro de História da Educação; e Associação de Leitura do Brasil.

No contexto dos desafios políticos, sociais, culturais e educacionais da contemporaneidade, a criação da SBAlf se justifica pela necessidade tanto de posicionamento articulado, organizado e sistemático por parte da sociedade civil brasileira frente às políticas de alfabetização no Brasil quanto de divulgação e discussão, em fóruns nacionais e internacionais, do expressivo volume de pesquisas acadêmico-científicas brasileiras sobre o tema.

Pretende-se que a entidade seja independente em relação tanto a órgãos governamentais quanto a instituições e entidades de ensino e pesquisa, tendo como principais objetivos:

a) congregar representantes da sociedade civil, tais como, pesquisadores vinculados a grupos/núcleos e centros de pesquisa voltados à produção e divulgação de conhecimentos sobre alfabetização; professores do ensino superior e da educação básica, associações/sindicatos, organizações não governamentais relacionados com a alfabetização, dentre outros interessados;

b) constituir-se como referência para todos os envolvidos com políticas, pesquisas e práticas de alfabetização no Brasil, caracterizando-se como instância aglutinadora, propositora e moderadora de políticas e propostas para a alfabetização no país, analisando pesquisas, políticas e ações educacionais e contribuindo para o fortalecimento da representação da sociedade civil no diálogo de pesquisadores e professores com órgãos governamentais; e

c) propiciar, sem prejuízo de sua autonomia política e científica, meios de articulação adequada com diferentes entidades congêneres do Brasil e do exterior.

A sede provisória da instituição é na Unesp de Marília. Informações: sbalf.comissao@gmail.com

O livro – A publicação se dá num contexto em que pesquisadores vinculados a diferentes programas de graduação e grupos/núcleos de pesquisa vêm estudando a história da alfabetização, com ênfase nos séculos XIX e XX, em diferentes contextos regionais e com base em diferentes fontes documentais, vertentes teóricas e abordagens metodológicas.

Um balanço desse conhecimento acumulado ao longo das duas últimas décadas foi apresentado e discutido no I SIHELE - Seminário Internacional sobre História do Ensino de Leitura e Escrita, realizado, em 2010, na Unesp de Marília, do qual resulta este livro.

O conjunto de textos aqui reunidos possibilita, assim, compreender como vem sendo produzida uma história da história da alfabetização no Brasil e como vestá sendo constituído o correspondente campo de conhecimento.

Marcadamente interdisciplinares, essa história e esse campo estão centrados em um conceito brasileiro de alfabetização, entendido como processo de ensino e aprendizagem iniciais da leitura e da escrita, que envolve diferentes facetas e se relaciona diretamente com demandas educacionais, sociais e políticas de nosso tempo.

via Comunicação e Imprensa da Unesp

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Considere contribuir com o nosso trabalho!!! Obrigado!!!

Últimas no FarolCom

Veja também

Mapas do Triângulo

Meteorologia

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest