Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

#zikazero | CLIQUE AQUI, SAIBA MAIS E PARTICIPE | #zikazero
A sociedade mobilizada para vencer a luta contra o mosquito

Instituto Eu Quero Viver
quarta-feira, 21 março, 2012 20:50

Produtor destaca vantagens do Programa Queijo Minas Artesanal

Divulgação/IMA
Queijo Minas Artesanal é um patrimônio cultural do Estado

Jales Clemente de Oliveira, de Monte Carmelo, é o primeiro produtor fora das cinco regiões do Estado. Minas Gerais possui o primeiro produtor fora das cinco regiões do Estado, delimitadas como produtoras de queijo, a ser cadastrado pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), no programa Queijo Minas Artesanal.

Jales Clemente de Oliveira, de Monte Carmelo, no Alto Paranaíba, conta que desde a sua adesão ao programa houve uma significativa melhora na qualidade dos queijos produzidos e consequentemente a abertura de novos mercados em sua região.

“Os consumidores estão cada vez mais exigentes e por isso, é muito importante que os produtores se atentem para tornar seus produtos cada vez mais competitivos”, afirma Jales Clemente, que fez um curso de capacitação dentro do programa para aperfeiçoar a qualidade de seus queijos. Ele conta ainda, que profissionalizou toda a produção, já que agora emite nota fiscal, deixando a informalidade. E que passou a vender mais e com maior valor agregado. Sua propriedade recebeu o certificado do IMA no final do ano de 2011.

A inclusão de novos municípios foi possibilitada pela lei 19.492/2011 que amplia o reconhecimento das regiões produtoras do Queijo Minas Artesanal para todo o Estado de Minas Gerais. Sendo assim, todas as regiões mineiras podem ser consideradas produtoras, desde que seja comprovada em seus municípios a fabricação do produto e que os produtores estejam devidamente cadastrados no IMA.

Antes, apenas as regiões do Cerrado, Araxá, Canastra, Serro e Campos das Vertentes eram reconhecidas como produtoras do Queijo Minas Artesanal, conforme a Lei 14.185/2002.

Até dezembro de 2010, havia 63 municípios com este reconhecimento no Estado. Com a nova lei, o cenário da atividade passa a contar com 30 mil agricultores familiares distribuídos em cerca de 600 municípios. Desse montante, estima-se que 98% tem na produção do queijo sua única ou principal fonte de renda.

Programa Queijo Minas Artesanal
O Queijo Minas Artesanal é aquele produzido no estabelecimento rural a partir de leite cru, coalho, pingo (fermento lácteo natural) e sal. O programa tem como finalidade garantir a segurança alimentar por meio de boas práticas de fabricação, controle de doenças no rebanho e cadastro dos produtores, além de incentivar o fortalecimento e a organização do setor no estado.

Contempla também, a organização dos produtores e padronização de seus produtos, normatização de processos de produção, comercialização e certificação da origem e qualidade do queijo.

Segundo o diretor-geral do IMA, Altino Rodrigues Neto, o programa incentiva e fortalece diretamente a organização dos produtores e define a cadeia produtiva através do cadastro e certificação realizados pelo IMA. “Contamos também com parcerias para incentivar cada vez mais os produtores a aderirem ao programa, para que ganhem mercado e agreguem mais valor aos produtos que fazem parte da cultura mineira e são reconhecidos nacionalmente e internacionalmente”, explica.

Atualmente, o Estado conta com 207 queijarias cadastradas no programa. Os interessados em se cadastrarem voluntariamente no Programa Queijo Minas Artesanal devem procurar o Escritório Seccional do IMA mais próximo de suas propriedades.

via Agência Minas

Veja também o que publicamos sobre queijo

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

Mapas do Triângulo

Meteorologia

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest