Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

#zikazero | CLIQUE AQUI, SAIBA MAIS E PARTICIPE | #zikazero
A sociedade mobilizada para vencer a luta contra o mosquito

Instituto Eu Quero Viver
segunda-feira, 31 agosto, 2015 - 11h24

Quatro queijarias de Medeiros já podem vender para todo o estado

Queijarias de Medeiros habilitadas pelo IMA podem vender para todo o estado. As propriedades se adequaram às normas sanitárias com o acompanhamento do Instituto

Na pequena Medeiros, cidade com 3,6 mil habitantes e integrante do Circuito da Serra da Canastra, quatro produtores de queijo minas artesanal comemoram neste mês uma conquista importante para seus negócios.

É que após dois anos de muito trabalho, acompanhado de rigorosa vistoria e adequação de suas agroindústrias às normas estabelecidas pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), eles concluíram o processo de cadastramento definitivo junto à Gerência de Certificação do Instituto. Isso significa que agora poderão expandir as vendas do produto para todo o estado.

O processo de adequação das agroindústrias familiares é realizado pelo Programa de Apoio à Regularização dos Estabelecimentos Rurais de Pequeno Porte implantado pelo IMA em 2012. O IMA já cadastrou 245 queijarias em todo o estado e outras 60 estão em processo de regularização.

IMA
XX
Guiomar de Souza, produtora de Queijo Minas Artesanal de Medeiros

“Todo produtor que pretende aderir ao mercado formal deve procurar o IMA. A regularização da unidade produtiva é um grande passo pois, além de atestar a qualidade do queijo e da agroindústria, agrega valor ao produto que, melhor remunerado, contribui para aumentar a renda do produtor”, argumenta o gerente de Educação Sanitária e Apoio à Agroindústria Familiar do IMA, Gilson Sales.

Orientação

Com a implementação da lei estadual nº 19.476 , de janeiro de 2011, que regulariza as pequenas agroindustriais rurais, os estabelecimentos menores tiveram a permissão de continuar produzindo até se adequarem totalmente às normas sanitárias.

Essa condição é válida por um período de dois anos, tempo concedido pelo IMA para que o proprietário ajuste sua produção rumo à obtenção do cadastro ou registro definitivo, como aconteceu com as quatro agroindústrias de Medeiros.

“Os produtores passam por um processo de regularização que envolve a assinatura de um termo de compromisso de dois anos, período no qual têm o acompanhamento e a orientação de técnicos do Instituto”, esclarece.

O responsável pelo Programa na região e chefe do escritório do IMA em Bambuí, cidade que supervisiona o município de Medeiros, Reginaldo Carvalho, relata que a conquista das queijarias de Medeiros é fruto de um longo processo de adequação baseado na fiscalização da sanidade do rebanho, da infraestrutura física da unidade produtiva, da saúde dos trabalhadores, da qualidade da água e das boas práticas de fabricação.

“O processo é demorado e minucioso, mas a vantagem é que eles continuam produzindo e vendendo seus produtos, podendo investir na adequação da pequena agroindústria”, argumenta.

As quatro pequenas agroindústrias de Medeiros atenderam às regras de segurança alimentar, saúde e meio ambiente e, por isso, conquistaram o cadastro definitivo e receberam um certificado, o que é um diferencial competitivo no mercado.

“Para se cadastrar o produtor vai a um escritório do IMA e solicita uma visita técnica à propriedade. Depois dessa visita é assinado o termo de compromisso para a realização das adequações necessárias. Durante os dois anos de vigência, o produtor pode comercializar o queijo e, se cumprir todas as exigências, terá sua queijaria habilitada”, conclui Reginaldo Carvalho.

Agência Minas

Veja também o que publicamos sobre queijo

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

Mapas do Triângulo

Meteorologia

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest