CALDOQUANTICOHOLOPRAXISCQLCRESENTESJANCOMFALE CONOSCO O GRUPOIMPRENSA 
CAPACIDADESEVENTOSARTIGOSAÇÕES AFIRMATIVAS
AGROESPECIAISVIAJARVIVER BEMENDEREÇOSQUALIDADE DE VIDA
METEOROLOGIASINEPROCON UBERLÂNDIAPONTO DE VISTA  
QUEIMADASDEFESA CIVILVÍDEOSHISTÓRIA 
  ANO 2 | UBERLÂNDIA | MG | BRASIL | FALE CONOSCO | EXPEDIENTE | ANUNCIE 
Uberaba

Lançamento da campanha de vacinação para a eliminação da rubéola terá postos volantes

Campanha começou em Uberaba no último dia 04 e já vacinou cerca de 5 mil pessoas

Acontece neste sábado (dia 09) o lançamento oficial da Campanha Nacional de Vacinação para a Eliminação da Rubéola no Brasil, com o slogan "Brasil livre da rubéola". Em Uberaba, o trabalho de prevenção já começou no último dia 04, e a meta de imunização é de 95% da população do município, entre a faixa etária de 12 a 39 anos. Mesmo quem já foi vacinado nas campanhas anteriores deverá procurar as unidades de saúde e receber a vacina até o dia 12 de setembro, último dia da campanha.

Segundo a coordenadora de Imunização, Maria Aparecida D. Félix, com três dias de campanha, aproximadamente cinco mil pessoas já receberam a vacina. "Ainda é um número muito pequeno, mas já temos equipes que estão atendendo nas escolas e empresas do município. Estamos trabalhando para atingir a meta, mas para isso contamos que a população atenda o nosso chamado e que se conscientize sobre a importância da eliminação da rubéola e da síndrome da rubéola congênita", afirma a coordenadora.

Este ano é a primeira vez em que homens estão recebendo dose da vacina. "Foi constatado que os homens foram os maiores contaminados. Por se tratar de uma doença assintomática, eles transmitiam para as mulheres, por isso todos, independentes do sexo, devem se vacinar", explica Maria Aparecida.

Ela alerta também, que não existe um surto na cidade, por isso as pessoas não precisam se preocupar, pois a campanha está prevista no compromisso firmado entre os países das Américas, onde a meta é eliminar, até 2010, a rubéola e da síndrome da rubéola congênita. Ato consolidado durante a 44ª reunião do Conselho Diretor da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). "Aqui no Brasil erradicamos a poliomielite, o sarampo, e o próximo é a rubéola", destaca.

A rubéola é uma doença causada por um vírus, e é transmitido de pessoa a pessoa pelas vias respiratórias. Ela é grave quando atinge a mulher grávida, pois a infecção pode causar abortos, o bebê pode nascer morto ou prematuro e com baixo peso. Outra complicação que ela traz é a Síndrome da Rubéola Congênita (SRC), onde o bebê pode apresentar problemas cerebrais, cardíacos e oculares. Durante a infância a criança pode apresentar surdez, retardo mental, cegueira, autismo e degeneração do sistema nervoso central.

Dados do Ministério da Saúde apontam que entre os anos de 2006 e 2007, foram mais de 8.407 casos, sendo apresentado em 161 mulheres grávidas, que resultou em 20 casos de crianças com a SRC. De acordo com Maria Aparecida, em Uberaba não houve nenhum registro.

Para vacinar, as pessoas devem procurar as unidades de saúde e ter em mãos o cartão de vacinação e o documento de identidade. No dia do lançamento nacional da campanha, além das unidades de saúde, haverá postos volantes na rodoviária, aeroporto e na Praça Rui Barbosa, com o horário de funcionamento das 8h às 17h.

Poliomielite
Dia 09 (sábado) acontece também a segunda etapa da Campanha de Vacinação Contra a Poliomielite. Crianças de 0 a 5 anos devem receber a segunda dose da vacina em qualquer unidade de saúde, postos volantes, os mesmo da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Rubéola, ou no Shopping Uberaba, entre às 8h e 17h. Os pais devem apresentar o cartão de vacinação da criança.


06/08/2008
Juliana Fidelis
Departamento de Comunicação
Prefeitura Municipal de Uberaba
Material jornalístico protegido por direitos autorais - Proibido reproduzir sem autorização expressa dos detentores dos direitos

outros destaques:

Copa Uberaba de Futsal 2008 começa na segunda-feira

Uberaba reúne 138 artesãos em IV Encontro Mineiro de Negócios em Artesanato

Secretaria de Agricultura desenvolve o Programa "Mais Alimentos" no município

Ceasa bate recorde de comercialização em julho

Projeto Escola de Fábrica beneficia mais 60 jovens em Uberaba

Barata em alimento gera indenização


+ SOBRE O TEMPO