CAPA - GERAL - EVENTOS - ARTIGOS - AÇÕES AFIRMATIVAS - - QUALIDADE DE VIDA - AGRO - ESPECIAIS - VIAJAR - VIVER BEM - ENDEREÇOS
VÍDEOS - FOTOS - AUTOS - SAÚDE - CULTURA - EDUCAÇÃO - CIÊNCIA - MEIO AMBIENTE - COMUNIDADES - METEOROLOGIA

BLOGS
- ARAGUARI | ARAXÁ | UBERABA | UBERLÂNDIA | MINAS | BRASIL | NÚCLEO DA MÚSICA
- CANAIS - YouTube | GoogleNews | Orkut | Twitter | Facebook | Flickr | LinkedIn
EXTRAS - QUEIMADAS - SINE - PROCON - DEFESA CIVIL - CEMIG - DMAE - CTBC - DETRAN'S - CINES - SOBRE NÓS - PARCEIROS | FALE CONOSCO | EXPEDIENTE | ANUNCIE | PRIVACIDADE


ESPECIAL AMAZÔNIA BRASIL
sexta-feira, 1 fevereiro, 2008 13:42

Preservação ambiental e diálogo com a comunidade

 
 
 
Manaustur
 
   
     

Mina de Juruti reúne preservação ambiental, diálogo com a comunidade e desenvolvimento socioeconômico.

A fórmula resume as premissas da atuação da Alcoa em Juruti, extremo Oeste do estado paraense, onde a empresa está construindo um empreendimento dividido em três instalações: unidade de mineração, ferrovia e porto.

As medidas que estão sendo tomadas em Juruti em relação às questões ambientais mostram a seriedade com que esses temas são tratados pela Alcoa, muito além do que é exigido por lei.

Em Junho de 2007, por exemplo, a Companhia, o Museu Paraense Emílio Goeldi e a Fundação Instituto para o Desenvolvimento da Amazônia-FIDESA firmaram um convênio de monitoramente de fauna e flora que está beneficiando toda a população do município, a comunidade científica e o Estado do Pará.

O convênio tem duração de dois anos, podendo ser renovado. A iniciativa também permite o acompanhamento das ações dos Planos de Controle Ambiental (PCAs) do empreendimento, relacionados com a fauna e flora da região.

O projeto da Alcoa no Pará teve origem em 2000, quando a Companhia adquiriu a Reynolds Metals e iniciou o teste de prospecção mineral em três platôs em Juruti. Ao optar pelo investimento, a empresa realizou dezenas de reuniões preliminares, além de audiências públicas com lideranças comunitárias, instituições públicas e privadas, entre outros interessados, em Juruti, Santarém e Belém.

O diálogo com a comunidade e autoridades do município com o objetivo de promover a melhoria da qualidade de vida da população originou a Agenda Positiva, um conjunto de ações imediatas nas áreas de educação, saúde, segurança, infra-estrutura e assistência social. As atividades dessa agenda, orçadas em R$ 50 milhões, deverão beneficiar a população de Juruti por todo o período de vida do empreendimento de mineração, pelos próximos 70 anos ou mais.

Exposição Amazônia Brasil em Nova York será o maior evento já realizado no exterior sobre a região

http://www.amazoniabrasil.org.br

Amazônia Brasil
Exposição Amazônia Brasil lança projeto pedagógico em Nova York com a rede pública de ensino da cidade

Mudanças Climáticas, Moda e Ecomercado, e a floresta viva na programação
Projeto Pedagógico
Exposição Itinerante - Loja
Sobre o Projeto Saúde e Alegria
Sobre o GTA-Grupo de Trabalho Amazônico
Sobre a Fare Arte

Programação
Amazônia Brasil em Nova York Alcoa é a principal patrocinadora da exposição
Parceria com CI prevê a criação de novo corredor ecológico
Mina de Juruti reúne preservação ambiental, diálogo com a comunidade e desenvolvimento socioeconômico
Araquém Alcântara expõem em Nova York
Sobre a Alcoa
Créditos