Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA
Ecopontos, Feiras-Livres e outros serviços em Uberlândia
sábado, 26 janeiro, 2013 14:46 - JUDICIÁRIO

Comitiva de Araguari é recebida pelo presidente do TJMG

Enivaldo Silva
Comitiva de Araguari é recebida pelo presidente do TJMG, desembargador Joaquim Herculano Rodrigues

O prefeito Raul Belém cumpriu uma série de compromissos ao longo desta semana em Belo Horizonte.

Dentre eles, esteve no Tribunal de Justiça de Minas, integrando uma comitiva formada por representantes do Judiciário, do Ministério Público, Polícia Civil, Polícia Militar, de entidades de classe, do Legislativo, do Executivo e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que se uniram para reivindicar o funcionamento da segunda vara cível da Comarca de Araguari, construção do novo prédio do Fórum.

Na audiência, o presidente do TJMG, desembargador Joaquim Herculano, informou que Araguari está entre as cidades que apresentam sobrecarga de serviço para os magistrados e que, portanto, o pleito é legítimo. O desembargador ressaltou, no entanto, que a instalação de novas varas depende de disponibilidade orçamentária do tribunal, o que não significa, entretanto, que o pedido não será atendido.

O comandante da Polícia Militar, tenente-coronel Volney Halan Marques observou que Araguari está numa região fronteiriça e de ligação estratégica do Sudeste com o Centro-Oeste, ladeadas por Uberlândia, Catalão, acesso de Itumbiara, Caldas Novas, Goiânia, Brasília com São Paulo, o que requer uma atenção especial com a segurança pública.

Já o delegado regional de Araguari, Cesar Augusto Monteiro Alves Júnior, informou que a partir do mês de março deve dobrar a quantidade de inquéritos remetidos ao judiciário com a chegada de novos delegados e escrivães.

O presidente da OAB Araguari, Dalto Umberto Rodrigues e o ex-desembargador Fernando Botelho também interferiram no sentido de demonstrar ao presidente do tribunal a necessidade premente do atendimento das demandas apresentadas pela comissão.

Acatando a um pedido da juíza Genole Santos de Moura, titular da Vara Criminal de Araguari, o desembargador disse que vai designar juiz substituto para desafogar o trabalho da Vara Criminal. “Outro compromisso do desembargador foi o de colocar Araguari no Mutirão do Júri para desafogar parte do nosso trabalho. Assumiu, ainda, o compromisso de agilizar a construção do novo prédio do fórum, de modo que nossa visita foi muito produtiva”, explicou a juíza.

O Juiz diretor do Foro, Rowilson Gomes Garcia, observou que Araguari está entre as comarcas com melhor desempenho do estado de Minas Gerais, o que demanda uma atenção especial do TJMG. “Ficamos satisfeitos com o posicionamento do presidente do TJMG, especialmente porque ele disse que vai acelerar o processo de construção do prédio do fórum, considerando que toda a documentação referente ao terreno está liberada”, explicou.

O prefeito Raul Belém se disse otimista com o posicionamento do presidente do tribunal. “O desembargador foi muito coerente nas palavras, entendendo a necessidade de Araguari ser contemplada com o pleito. A designação de juízes auxiliares, o mutirão do júri e o compromisso de agilizar a construção do fórum atende perfeitamente ao pleito de Araguari. O mais importante que vejo aqui é a união de todos os setores na defesa dos interesses do município. De nossa parte, além de pessoal, disponibilizamos a estrutura da prefeitura para que a construção do prédio ocorra o mais rápido possível”, concluiu o prefeito.

Também integraram a comitiva os presidentes da Associação Comercial e Industrial de Araguari (ACIA), Silvio Presley dos Reis; da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Sebastião dos Santos Totó; da Câmara de Vereadores, Sebastião Joaquim Vieira; além dos vereadores Luiz Antônio de Oliveira, o Luiz Construtor e Cláudio Coelho. O ex-desembargador do TJMG, Fernando Botelho, o procurador geral do município, Leonardo Furtado Borelli, o vice-prefeito Werley Ferreira de Macedo; o presidente da Associação dos Magistrados Mineiros, Herbert Carneiro; o advogado e ex-deputado Marcos Tito; o promotor de Justiça, André Luís Alves de Melo; e, o desembargador Delmival de Almeida Santos.

via Enivaldo Silva | Comunicação PMA

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest