Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

#zikazero | CLIQUE AQUI, SAIBA MAIS E PARTICIPE | #zikazero
A sociedade mobilizada para vencer a luta contra o mosquito

Inovação | Navios Pesquisa| Luz Síncrotron

Instituto Eu Quero Viver
quinta-feira, 10 setembro, 2015 - 22h36

Portal disponibiliza material aberto para testar softwares

O desenvolvimento é de pesquisadores do Núcleo de Apoio à Pesquisa em Software Livre e do Centro de Competência em Software Livre sediados no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos

   

Com o intuito de colaborar para aprimorar a qualidade de produtos de software, pesquisadores do Núcleo de Apoio à Pesquisa em Software Livre (NAP-SoL) e do Centro de Competência em Software Livre (CCSL), sediados no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos, desenvolveram um portal que disponibiliza material aberto abordando a automatização de Teste de Software.

De acordo com o pesquisador da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Auri Vincenzi, o teste de software não é diferente dos testes que são feitos em outros produtos que usamos no dia a dia, a exemplo de automóveis, refrigeradores, micro-ondas ou celulares. “Testar um software significa executá-lo procurando expor possíveis problemas ainda durante o seu desenvolvimento. O objetivo é procurar eliminar a maioria dos defeitos de modo que o usuário final possa executá-lo por mais tempo sem que ele falhe”, explica Vincenzi.

Wikimedia Commons/ DARPA
XX
Teste de software não é diferente dos que são feitos em outros produtos do dia a dia

O pesquisador explica que a área de teste de software se torna cada vez mais importante devido a preocupação das empresas com a qualidade dos produtos desenvolvidos. Nessa linha, Vincenzi complementa: “há uma tendência de automatização da atividade de teste de forma que seja realizada com a menor intervenção humana possível e maior qualidade. Existem diferentes ferramentas que apoiam a automatização de diferentes etapas do processo de teste e o ideal é que se iniciem os testes assim que as primeiras partes do software que possam ser excutadas estejam disponíveis”.

Material gratuito

O portal disponibiliza material gratuito e aberto dividido em módulos, os quais abordam parte teórica, prática e as possíveis ferramentas de uso. O conteúdo pode ser utilizado como um todo ou parcialmente. “Ele possui ferramentas open source para que uma pequena empresa, por exemplo, possa utilizar tanto o material didático quanto as ferramentas sem custos de aquisição e com possibilidades de evolução do código”, descreve Vincenzi. Além disso, o material inclui apresentações com os conceitos sobre teste, apresentações sobre ferramentas de teste, propostas de exercícios práticos e referências para outras fontes sobre temas específicos.

O processo de elaboração teve início durante o ano de 2014, por meio de uma parceria entre o Instituto de Computação (ICOMP) da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e a empresa Samsung Eletrônica no Amazonas (SEDA) para colaborar com a relação entre academia e empresa, a formação de recursos humanos e o fortalecimento de redes de cooperação.

De acordo com o coordenador do NAP-SoL, José Carlos Maldonado, “o amplo conjunto de atividades de pesquisa e resultados obtidos, anteriormente, pelos pesquisadores do Laboratório de Engenharia de Software (LABES) do ICMC, da Universidade Federal de Goiás (UFG) e do ICOMP da UFAM, entre outras instituições parceiras, proporcionaram a consolidação do material”.

Por meio de um programa de aprendizagem de Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs), sediado na UFAM, são oferecidos cursos de formação avançada para profissionais e estudantes em áreas que abrangem a computação, como a de teste e de garantia de qualidade de aplicação móvel, a qual demanda a qualificação de equipes na área de automatização de teste de software.

“Espera-se que a comunidade de teste no Brasil se envolva para a evolução do material, com a inserção de novos módulos e conteúdos, a exemplo de produtos de software com licenças públicas, contribuindo para a disponibilização de material de ensino e treinamento livre e o uso por profissionais da indústria”, menciona Maldonado.

O projeto Automatização de Teste de Software é coordenado pelos pesquisadores José Carlos Maldonado e Márcio Eduardo Delamaro, do departamento de Sistemas de Computação (SSC) do ICMC e por Auri Vincenzi, do Departamento de Computação (DC) da UFSCar.

O material de Automatização de Teste de Software está disponível no ambiente Moodle no endereço e qualquer pessoa pode acessá-lo após criar uma conta gratuita.

Flávia Cayres, da Assessoria de Comunicação do NAP-SoL via Agência USP

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest