Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

| Dengue, Zika e Chikungunya no Caderno Saúde |
A sociedade mobilizada para vencer essa luta

Cultura | Livros | Lazer | ViverBem

Ecopontos, Feiras-Livres e outros serviços em Uberlândia
Quinta-feira, 16 Janeiro, 2014 9:08

Seminário discute a valorização e revitalização de imóveis tombados e preservados no Rio

Fernando Frazão / Agência Brasil
Conjunto de imóveis no Largo da Lapa

As ações de valorização e revitalização dos imóveis tombados e preservados do centro do Rio de Janeiro serão tema de um evento na próxima terça-feira (21), promovido pelo Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH), em parceria com a seção Rio do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB-RJ).

veja fotos no Facebook

O seminário O Centro do Rio: Ambiências e Patrimônio Urbano vai reunir arquitetos e urbanistas na sede do IAB-RJ, no bairro do Flamengo, das 10h às 18h30.

Durante o evento, os presidentes do IRPH, Washington Fajardo, e do IAB-RJ, Pedro da Luz Moreira, farão o lançamento oficial de uma campanha de valorização do centro.

Desde 2012, essa parte da cidade tem um programa da prefeitura do Rio para apoiar e patrocinar a restauração de imóveis tombados e preservados com investimento de R$ 12 milhões.

A primeira edição do programa aprovou projetos de restauração de nove imóveis e as inscrições para a segunda edição estão abertas até 25 de fevereiro.

Os projetos inscritos precisam prever a recuperação de imóveis de quatro áreas de Proteção do Ambiente Cultural (Apacs) da região central do Rio: Corredor Cultural; Cruz Vermelha; Catumbi e Cidade Nova, além do Catete e da Glória.

"O edital contempla iniciativas de restauro para fins habitacionais, comerciais e culturais. Essa mudança pode trazer ganhos qualitativos importantes à região do Centro", avalia o presidente do IAB-RJ, Pedro da Luz.

A estimativa do IRPH é que 8.500 imóveis possam concorrer a cotas de fomento do programa da prefeitura, que variam de R$ 200 mil a R$ 400 mil.

São aceitas inscrições de produtoras culturais, organizações não governamentais, organizações sociais, escritórios de arquitetura, empresas de engenharia com experiência em restauro e cooperativas de artesãos e restauradores. Não são aceitas inscrições de pessoas físicas, mesmo que sejam donos de imóveis.

O Centro do Rio: Ambiências e Patrimônio Urbano
Terça-feira 21/01/2014
das 10h às 18h30
sede do IAB-RJ, no bairro do Flamengo

Paulo Virgilio | Agência Brasil

Leia o que já publicamos sobre Patrimônio & História

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest