Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

| Dengue, Zika e Chikungunya no Caderno Saúde |
A sociedade mobilizada para vencer essa luta

Ambiente | Energia | Lixo | Água | Mariana

Ecopontos, Feiras-Livres e outros serviços em Uberlândia
quarta-feira, 11 novembro, 2015 - 21h58

Dilma cria comitê para monitorar ações nas áreas atingidas

A presidente Dilma Rousseff vai sobrevoar amanhã (12) a região atingida pelo rompimento de duas barragens da mineradora Samarco, em Mariana, em Minas Gerais, na última quinta-feira (5)

   

A onda de lama que se formou destruiu o distrito de Bento Rodrigues e chegou ao Espírito Santo.

Dilma também determinou hoje (11) a criação de um comitê de gestão da crise que será formado pelos ministérios do Meio Ambiente, da Integração Nacional e de Minas e Energia, pelos governos de Minas Gerais e do Espírito Santo e pelo Ministério Público.

O objetivo desse grupo, segundo o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, é acompanhar as ações que vão ser estabelecidas pela mineradora Samarco, cobrar mais rapidez na solução dos problemas enfrentados pelas famílias atingidas, monitorar a situação dos municípios da calha do Rio Doce que estão com problemas de abastecimento de água, além do dano ambiental.

A portaria que cria o grupo deverá ser publicada na edição de amanhã do Diário Oficial da União.

José Cruz/Agência Brasil
A presidente da República, Dilma Rousseff - José Cruz/Agência Brasil
A presidente da República, Dilma Rousseff

Gilberto Occhi, informou que Dilma deve sair de Brasília às 8h45 e chegar a Belo Horizonte uma hora depois. Da capital mineira, ela sobrevoa de helicóptero os distritos de Bento Rodrigues e Paracatu, na região de Mariana. Em seguida, a presidenta vai a Governador Valadares, que está com a captação de água para abastecimento suspensa por causa da passagem de lama pelo Rio Doce. Dilma termina a viagem em Colatina, no Espírito Santo.

Acompanham a presidenta no sobrevoo a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, o ministro Occhi, os governadores de Minas Gerais, Fernando Pimentel, e de Espírito Santo, Paulo Hartung, e o prefeito de Mariana, Duarte Júnior.

Segundo o ministro, a presidenta falou por telefone na tarde de hoje com o CEO da BHP Billiton, Andrew Mackenzie, e com o presidente da Vale, Murilo Ferreira, empresas que controlam a Samarco, e cobrou providências para a reparação dos danos às famílias atingidas e também solução para o impacto ambiental.

reproduzido da Agência Brasil | Edição: Aécio Amado

Veja outras notícias sobre:

Desastre Ambiental em Mariana

Caderno Meio Ambiente

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest