Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

| Dengue, Zika e Chikungunya no Caderno Saúde |
A sociedade mobilizada para vencer essa luta

Ambiente | Energia | Lixo | Água | Mariana

Ecopontos, Feiras-Livres e outros serviços em Uberlândia
terça-feira, 15 dezembro, 2015 - 20h17 | TRAGÉDIA EM MARIANA

Dilma fala sobre recuperação do rio Doce

Na solenidade de inauguração do Museu de Congonhas, a presidente afirmou que o governo está comprometido com a recuperação do Rio Doce e com a reparação às vítimas do rompimento da barragem da mineradora Samarco

   

A presidente Dilma Rousseff disse hoje (15) que o governo está comprometido com a recuperação do Rio Doce e com a reparação às vítimas do rompimento da barragem da mineradora Samarco, que destruiu um distrito da cidade de Mariana, em Minas Gerais, no começo de novembro.

Dilma citou as principais ações do governo em relação à tragédia.

“A primeira delas sempre foi e é atender às vítimas em seus direitos, ajudando-as a recuperar o que perderam e devolvendo a elas uma vida normal e digna. A segunda é responsabilizar os culpados e instituir a obrigatoriedade de recuperação e reparações tanto por perdas humanas quanto perdas patrimoniais. A terceira é recuperação ambiental e física das áreas e dos mananciais, atingindo sobretudo o nosso Rio Doce, tão importante para os mineiros”, disse em discurso, durante a inauguração do Museu de Congonhas, no Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, a 75 quilômetros da capital mineira.

Roberto Stuckert Filho/PR
Congonhas (MG) - Presidenta Dilma Rousseff visita instalações do Museu de Congonhas (Roberto Stuckert Filho/PR)
Congonhas (MG) - Presidenta Dilma Rousseff durante cerimônia de inauguração do Museu de Congonhas

Segundo Dilma, o governo vai cobrar dos responsáveis pela tragédia em Mariana a recuperação do Rio Doce. “Nos importa transformar novamente o Rio Doce naquilo que foi outrora, um local com margens reflorestadas, com nascentes preservadas, recuperando inteiramente o rio.”

Mineração

Ao inaugurar o museu, Dilma disse que a iniciativa de estímulo ao turismo e à cultura na região ajuda a fortalecer atividades econômicas que diminuam a dependência da mineração em Minas Gerais. “Compartilhamos com a população daqui o esforço para diversificar a base produtiva municipal e da região, diminuindo a dependência da mineração, não acabando com ela, mas diminuindo a dependência. Esse propósito ganhou ainda mais importância após tragédia de Bento Rodrigues, distrito de Mariana, e que atingiu toda a bacia hidrográfica de rio Doce até o Espírito Santo e o mar.”

Agência Brasil

Veja outras notícias sobre:

Desastre Ambiental em Mariana

Caderno Meio Ambiente

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest