Minas Gerais
 
 
 
 
 
Divulgação SEEJ
 
   

Projeto mobiliza juventude em defesa das águas de Minas

sexta-feira, 29 maio, 2009 17:36

Um ato simbólico marcou o lançamento do projeto “A Terceira Margem do Rio - a juventude pelas águas de Minas, nessa quinta-feira (28), em Ouro Preto. No Parque Natural Municipal das Andorinhas, onde está localizada a nascente do Rio das Velhas, o coordenador Especial da Juventude da Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (Seej), Roberto Tross, o prefeito de Ouro Preto, Angelo Oswaldo de Araújo Santos, e o membro do Coletivo Jovem de Meio Ambiente de Minas Gerais, Alexandre Andrade, plantaram uma muda de ipê rosa, para demonstrar a importância de ações cidadãs conjuntas para revitalização do rio e melhoria da qualidade de vida da comunidade.

O projeto é desenvolvido pela Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude, por meio da Coordenadoria Especial da Juventude, em parceria com a ONG Leão e o Coletivo Jovem pelo Meio Ambiente de Minas Gerais, e tem por finalidade promover a utilização racional dos recursos naturais e contribuir para a construção de sociedades sustentáveis através de oficinas temáticas locais

A solenidade de lançamento se estendeu ao auditório da prefeitura, onde gestores públicos dos municípios que compreendem o município da Bacia do Alto Rio das Velhas assinaram um Protocolo de Intenções, sinalizando o interesse das respectivas prefeituras em apoiar o projeto. O protocolo também foi assinado por representantes da Vale, da RDM Manganês e da Samarco.

Para o coordenador Roberto Tross, esse projeto será mais uma ferramenta representantiva da força da juventude como mobilizadora e transformadora social. “O jovem é essa terceira margem, é esse outro lado do rio, e através dele as águas de Minas poderão ficar mais limpas, mais saudáveis. Através da juventude avançaremos na consciência cidadã, no consumo consciente, na preservação e na vida. É Minas avançando com a juventude”.

Oficinas

A capacitação prevê, para este primeiro ano de trabalho, a capacitação de 500 jovens, entre 15 e 29 anos, dos municípios da Bacia do Alto Rio das Velhas- Belo Horizonte, Contagem, Caeté, Nova Lima, Raposos, Rio Acima, Sabará, Santa Luzia, Itabirito e Ouro Preto.

O membro do Coletivo Jovem de Meio Ambiente, Alexandre Andrade, será um dos oficineiros do projeto e disse sobre a dinâmica transformadora dessa ação. “Esses jovens vão aprender valores socioambientais e atuação cidadã. Será despertado entre eles a importância de atitudes básicas e cotidianas, mas que fazem todo a diferença, como fechar a torneira ao escovar os dentes ou ao se ensaboar durante o banho”, explicou o jovem. Ele conta que os jovens vão saber como aplicar os 5 rs no dia-a-dia . “Repensar, recusar, reaproveitar, reutilizar e reciclar. Essas palavras são chaves quando tratamos de atitudes socioambientais. Será que preciso realmente comprar aquilo? Esse produto que utilizo tem certificado ISSO 14.000? É feito por mã-de-obra escrava? Aquela calça velha pode se transformar numa carteira, numa bermuda, numa doação a quem precisa? Esses são questionamentos simples, que podem fazer toda a diferença e transformar a realidade do jovem, de sua comunidade e dos rios’, conta Alexandre.

As primeiras oficinas acontecerão neste sábado (30) e no próximo (6), em Ouro Preto, na Escola Estadual Dom Pedro II (Rua Senador Rocha Lagoa- conhecida como rua das flores, s/n°, Centro,). São oferecidas 50 vagas para jovens moradores da cidade. A inscrição já está sendo feita na Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Rua Xavier da Veiga, 501, Centro).

As próximas oficinas acontecerão em Itabirito (20 e 27/06); em Rio Acima (04 e 11/07), Nova Lima (1 e 08/08), Raposos (22 e 29/08), em Caeté (12 e 19/09), Sabará (26/09 e 03/10), em Belo Horizonte (24/10 e 07/11), Santa Luzia (14/11 e 21/11) e Contagem (28/11 e 05/12). Para participar, os jovens devem procurar órgãos municipais relacionados com a política pública de juventude ou meio ambiente, para preencher a ficha de inscrição.

As atividades serão divididas em quatro temas: “Oficina de Futuro”, que ensinará a construir projetos coletivos, com diagnóstico dos problemas e planejamento de ações sustentáveis para melhoria da qualidade de vida da comunidade; “Oficina de Educação Ambiental”, para promover a reflexão sobre atitudes corretas do dia-a-dia e desenvolver ações nas comunidades baseadas em valores socioambientais; “Oficina de Participação Política”, cujo objetivo é o de apresentar políticas públicas para a juventude e meio ambiente; e “Oficina de Educomunicação”, que propõe despertar o lado criativo dos jovens. Esta última oficina será um espaço de comunicação entre os jovens, com linguagem específica, e tratará de ações locais de meio-ambiente e sustentabilidade.

Informações pelo telefone (31) 3349-2778 ou pelo e-mail [email protected] .

Agência Minas


outros destaques:

Minas Gerais

Triângulo Minas
Brasil no Google Maps

Grupos do Google
Participe do grupo Farol Comunitário
E-mail:
Visitar este grupo

no blog
Últimas do Farol no
Notícias no Google News Brasil