Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

| Dengue, Zika e Chikungunya no Caderno Saúde |
A sociedade mobilizada para vencer essa luta

Instituto Eu Quero Viver
quinta-feira, 23 maio, 2013 9:45

O tempo das coisas

Divulgação/Marcio Karsten
Deve-se saber a hora de “dar um tempo”, aliar o seu sonho ao sonho de um outro. Até porque, um sonho que se sonha sozinho não se realiza, não se concretiza

Nesta vida, tudo tem o seu tempo. E, dizem, “há o tempo dos homens e há o tempo de Deus”, bem como dizem que “há o tempo de plantar e o tempo de colher”.

Além disso, diversas teorias psicológicas fazem correlação a fases da vida, períodos de 6, 7, 10 anos de nossas vidas, em que cada período possui implicações no comportamento e decisões tomadas pelos indivíduos.

Há algum tempo, decidi ser empreendedor. Primeiro, de um pequeno escritório de Desktop Publishing, a MAK Desktop Publishing, onde basicamente formatava trabalhos de graduação nas normas das faculdades. Com o passar do tempo e aquisição de conhecimento, evoluí para um estúdio de comunicação, a Total Comunicação.

Neste empreendimento, passei a trabalhar com clientes maiores e comecei a ver, também, a influência da comunicação na estratégia das empresas e sua implicação numa coisa maior, o marketing. Novamente, após um período de aprimoramento do conhecimento e amadurecimento de estratégias, a Total Comunicação passou a se chamar HBK Consultoria e, o objeto social também mudou. Agora, a empresa é focada na gestão empresarial, mais precisamente, em estratégia e em marketing.

E, como dizem na padaria, “o sonho acabou”.

Acabou não, está saindo nova “fornada”.

Deve-se saber a hora de “dar um tempo”, aliar o seu sonho ao sonho de um outro. Até porque, um sonho que se sonha sozinho não se realiza, não se concretiza.

Meu produto (o EU S/A) está partindo para novos horizontes. Há um mercado inteiro a ser explorado. Meu modelo de negócio está pronto, porém em constante mutação, amadurecimento e aprimoramento.

E, muitas vezes, empresas pecam por não entender o ciclo de vida de seus produtos. O tempo das suas coisas. Os produtos/processos/serviços nascem (surgem, são criados, desenvolvidos), são introduzidos no mercado e, lentamente, vão tomando corpo, até que crescem, como os adolescentes.
Nesta fase, geralmente chegam os concorrentes, que “descobrem” sua inovação e começam a brigar no mercado, com suas próprias versões para o seu produto, geralmente, copiando o que você fez e dando uma “cara nova”.

A esta altura, seu produto já entra na fase de maturação, em que se estabilizam as vendas e tudo corre praticamente em perfeita harmonia, até que chega o momento do declínio. A margem de contribuição não é mais a mesma, as vendas despencam, até que o produto é (pelo menos deveria ser) retirado de circulação ou se faz uma reformulação, adaptando novos recursos e/ou soluções a ele.

Nem sempre se tem real percepção do timing de cada uma das fases. Para isso é preciso visão estratégica, acompanhamento de indicadores e pulso firme. Cada fase possui estratégias diferenciadas de precificação, distribuição, produção e comunicação, pelo menos.

Tal como na vida de cada um, os produtos nas empresas de cada um também sofrem mutações com o tempo. É preciso estar atento, para não se perder o tempo das coisas.

Um grande abraço e até a próxima.

P.S. Mesmo nesta nova fase, pretendo continuar escrevendo neste espaço, sobre administração, gestão, estratégia, marketing, publicidade e afins, procurando, sempre, fazer uma analogia com o nosso cotidiano, pois, apesar de tudo, a ciência imita a vida e vice-versa.

Leia outros artigos de Marcio Karsten
Márcio Karsten Administrador com especialização em MBA Empresarial. Atua como consultor de empresas nas áreas de Estratégia Empresarial e Marketing, já tendo atendido organizações de diversos segmentos e portes. É, também, professor em cursos técnicos, palestrante, conferencista e articulista, com diversos textos publicados em sites e revistas especializadas.

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest