Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

| Dengue, Zika e Chikungunya no Caderno Saúde |
A sociedade mobilizada para vencer essa luta

Instituto Eu Quero Viver
quinta-feira, 30 maio, 2013 11:16

Indecisão e Expectativa

Marcio Karsten/Divulgação
Empreendedores passam por momentos de indecisão e expectativa também

Os empreendedores são tidos como pessoas sempre certas de si e de suas atitudes. São tidos como pessoas impetuosas, corajosas, para quem não há limites. Grande engano. Empreender, principalmente em um país como o Brasil, com tamanha burocracia e entraves, os mais variados.

Ser empreendedor no Brasil é, sim, ser corajoso. Enfrentar não somente as questões apontadas no parágrafo acima, mas também a desconfiança da sociedade, da família, que tem, por vezes, os empreendedores como loucos varridos, que abrem mão da estabilidade do emprego, do 13º salário, e, até, das férias, pela incerteza, pela instabilidade.

Em alguns casos, até se ouve a seguinte proposta: “Faça um concurso público, é seguro”. Pode até ser seguro, mas não para um empreendedor. É enfadonho, burocrático, vagaroso. Um empreendedor, com seu espírito aventureiro e inquieto tornar-se-ia um vegetal no serviço público, em que praticamente, não há espaço para a criatividade e a independência na tomada de decisões, duas das principais razões que levam uma pessoa a empreender.

Algumas vezes, os empreendedores passam por momentos de indecisão e expectativa também. Que rumo tomar com a empresa? Manter aberta? Procurar emprego? Dizer que desisti? Reconhecer que perdi? Não são momentos tranquilos da vida de um empreendedor. Um profissional contratado não pensa muito se troca de emprego ou não, mas um dono de empresa, em um país em que falência é sinônimo de burrice e não de aprendizado, é difícil.

Nem sempre uma pessoa é empreendedora ou dono de empresa para sempre. Às vezes ela cansa e tem que tomar uma decisão. Isso tira noites de sono – acreditem, mais do que para pagar o 13º dos funcionários – e pode levar, inclusive, a problemas psicológicos e depressão profunda.

Por muito menos, pessoas (funcionários) pedem demissão, afastamento, tratamento psicológico. O empreendedor, não. Ele enfrenta mais estes problemas, quase que diariamente. E deve seguir em frente. “Move on” é a regra. Repensar, reformatar, replanejar. Não se pode desistir, não se pode “entregar o ouro”.

Mas, se a decisão é largar, integrar seu sonho a um outro, deve ser encarada com a naturalidade necessária e, da mesma forma, seguir em frente. O que precisa mudar é a percepção da sociedade e dos recrutadores de plantão. Uma pessoa que teve a experiência gerencial pode, sim, preencher espaços estratégicos em outras empresas, trazendo mais uma visão e auxílio à tomada de decisão.

É grande a expectativa sobre os ombros dos empreendedores deste país, bem como o fardo burocrático e tributário, que, por muitas vezes, os levam às indecisões e, empreendedores não são seres especiais. Somos pessoas, como você e muitos outros. E, às vezes, precisamos de um tempo para refletir sobre nossa vida e nosso futuro também. Assim como qualquer outro ser do planeta, vivemos de oportunidades, seja como pessoa física, seja como pessoa jurídica. E devemos aprender a encontrá-las e aproveitá-las quando surgem.

Abraços e até a próxima.

Leia outros artigos de Marcio Karsten
Márcio Karsten Administrador com especialização em MBA Empresarial. Atua como consultor de empresas nas áreas de Estratégia Empresarial e Marketing, já tendo atendido organizações de diversos segmentos e portes. É, também, professor em cursos técnicos, palestrante, conferencista e articulista, com diversos textos publicados em sites e revistas especializadas.

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest