CaldoQuantico   Holopraxis   CQL   CreSentes   DNAtos   PARCEIROS   EXPEDIENTE   ANUNCIE   PRIVACIDADE E USOS  
   
CAPA | GERAL | CADERNO 1 | CADERNO 2 | CADERNO 3 | CADERNO 4 | BLOGS | LINKS ÚTEIS
Saúde

Equipe do Centro de Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde merece destaque em revista médica especializada

A Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical da edição maio/junho 2008 publicou a descoberta pela primeira vez do vetor da leishmaniose visceral em Uberlândia (perímetro urbano) e paralelamente do primeiro caso autóctone (comprovação da doença) por uma equipe do Centro de Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde de Uberlândia, com notificação da VIGEP.

Desde janeiro uma equipe do CCZ* integrada por biólogos, médicos e veterinários está desenvolvendo ações para impedir o avanço desta doença em Uberlândia que teve ocorrência em janeiro no bairro Ipanema.

O transmissor da leishmaniose visceral Lutzomyia longipalpis (Lutz & Neiva, 1912) ocorre principalmente na região sudeste do país em áreas periféricas de grandes centros.

A revista enfoca um caso de LV que foi detectado (através de notificação da VIGEP) no bairro Ipanema apresentando sintomas da doença e detalha todas as providências tomadas desde a captura dos mosquitos, coleta de sangue de caninos até a monitorização, combate e saneamento ambiental.

* Márcia Beatriz Cardoso de Paula, Elisângela de Azevedo Silva Rodrigues, Amaral Alves de Souza, Alessandro Ambrosio dos Reis, Flávio Peixoto de Paula, Adalberto de Albuquerque Pajuaba Neto e Jean Ezequiel Limongi.

---------
Texto da matéria alterado para adequação de termos e complemento de informações às 09:27 do dia 30/10/2008


29/10/2008
da Redação com base no artigo publicado na
Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Material jornalístico protegido por direitos autorais - Proibido reproduzir sem autorização expressa dos detentores dos direitos

FarolCom no Pinterest
Brasil no Google Maps
Tudo sobre o HIV e a AIDS
http://www.soropositivo.org 
Meteorologia