Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se
 

POLÍTICAS DO PORTAL

EDIÇÃO NACIONAL

Acompanhe pelo WhatsApp

ou Telegram

Uberlândia

Triângulo e Alto Paranaíba

Urban/Dropz

Assine

Política

Facebook Twitter LinkedIn Addthis
 
 

Nós | Textos | Vídeos | Assine | Anuncie

 
terça-feira, 19 fevereiro, 2019 - 14h53 | GERAL

Expectativas para o próximo governo

Pesquisa da Amcham avalia a expectativa dos CEOs do Triângulo Mineiro para o próximo governo

Rafael Leonel | Prelo

Pesquisa da Amcham avalia a expectativa dos CEOs do Triângulo Mineiro para o próximo governo
Expectativas para o próximo governo - Pesquisa da Amcham avalia a expectativa dos CEOs do Triângulo Mineiro para o próximo governo | divulgação

No final de janeiro, a Amcham Brasil promoveu o primeiro CEO Dinner de 2019 de Uberlândia. Para o evento, foi convidado o economista chefe da Federação Brasileira de Bancos - FEBRABAN, Rubens Sardenberg, que realizou uma palestra magna em uma linguagem fácil, didática, sobre economia e expôs aos 107 convidados presentes o que o novo governo pode traçar para a economia brasileira nos próximos meses.

Segundo a CEO da Amcham Brasil, Deborah Vieitas, a grande adesão ao evento demonstra o interesse dos empresários em buscar, cada vez mais, maneiras de se firmarem no mercado. “A palestra pôde destacar importantes pontos econômicos no cenário brasileiro atual”, destaca Vieitas.

Durante o evento, os presentes responderam um questionário a respeito das expectativas para 2019. No relatório, 60% acredita numa retomada econômica em 2019, com melhoras nos indicadores de consumo e produção já no mesmo ano. Outra parcela significativa, (38%), acredita na manutenção dos indicadores econômicos, com melhora do otimismo e evolução dos indicadores apenas a partir de 2020.

Quando questionados a respeito das expectativas em relação ao cenário econômico para este ano, 59% das pessoas acreditam que o ano será regular e que o PIB poderá crescer até 2%. Já o restante (41%), estão confiantes de que o crescimento será superior a 2%.

A pesquisa mostra, também, que dentre vários fatores que podem atrapalhar a retomada econômica do país esse ano, o que mais preocupa é o quadro fiscal, que depende de reformas estruturais (72%) seguido da governabilidade do atual presidente e sua capacidade em obter apoio do Congresso Nacional (19%).

Ainda de acordo com a pesquisa, 64% dos empresários presentes no CEO Dinner acreditam que a recuperação do crescimento depende do aumento da competitividade da economia. Além disso, 18% acreditam que é preciso estimular o crédito e retomar a confiança do consumidor. Outros 18% defendem um aumento dos investimentos em infraestrutura.

Durante todo o evento, o palestrante e economista chefe da Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN), Rubens Sardenberg, comentou sobre como poderá ser a nova política econômica do atual governo. “As taxas de desemprego preocupam, além da dívida bruta e o déficit primário que causam deterioração fiscal. E para contornar a situação, algumas reformas podem ser necessárias para que o país possa superar alguns gargalos financeiros”, afirma Sardenberg.

CEO Dinner

O CEO Dinner está inserido em uma série de eventos que a Amcham Brasil promoverá durante todo este ano em comemoração ao centenário da Câmara Americana de Comércio no país.

Amcham Brasil

Muito além de uma Câmara de Comércio, a Amcham Brasil é um grande hub multissetorial de negócios. Reúne mais de 5 mil empresas dos mais variados portes e segmentos, sendo 85% delas brasileiras. Está presente em Uberlândia e outras 14 cidades do país, sendo a maior Câmara Americana entre 114 existentes fora dos EUA. Completando 100 anos de história no Brasil, a Amcham possui um portfólio de produtos e serviços empresariais em prol da competitividade e da integração global de negócios.

Leia outras Notícias

A Edição Uberlândia é um serviço informativo de abrangência local de FarolComunitário - Material passível de direitos autorais. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes. Antes de reproduzir por qualquer meio, consulte sobre autorização. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço Preços, prazos e links podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado